sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Mentira!

Há um ditado que diz: "Nunca voltes a um sítio onde já foste feliz". Permitam-me discordar. Permitam-me ser feliz de novo numa nobre cidade onde já fui muito feliz, nem que seja só por uma noite.

Vila Real está mais bonita de cada vez que a visito, apesar de poucas mudanças ou evoluções fisicamente captáveis. É a sua aura, a sua alma... A rudeza e a tradição, as aguerridas linhas com que traça a sua personalidade.

Podia perfeitamente visitar a Bila durante o fim-de-semana, onde até mais tempo se me abria... Mas prefiro a 5ª feira, sinónimo de Jantar de Curso, de Serenata junto à câmara... Se há coisa que adorei e contemplei quase assombradamente na vida académica, essa é a serenata. Sente-se um campo magnético demasiado especial para ser deixado passar em claro, animado ironicamente por um negro que jamais é de luto, mas de tradição. Fui a todas. Continuo a ir, mesmo que o meu tempo tenha passado e que as vidas continuem, interrompendo amizades que tendo sido construídas ao longo de quatro bons anos parecem existir desde sempre e para sempre. Continuarei a marcar presença, enquanto puder reviver anos de felicidade. Enquanto puder voltar a ser feliz naquele sítio... Nem que seja por uma noite.

5 comentários:

Celinha 007 =) disse...

Podes crer que eu também já lá fui muito feliz... Não estudei lá mas foi onde me refugiei aquando de muitos problemas na minha cidade. Foi lá que vivi o sonho de um amor intenso mas curto, foi lá que fui muito feliz, foi lá que também já fui muito infeliz... Mas continuo a gostar de lá ir, continuo a viver aquelas latadas e queimas como se fossem minhas... isto tudo porque o carácter intimo é poderoso! :P

VR... Gostava de aí estar hoje! =) *

Tiago de la Rocha disse...

É realmente isso... Íntimo é a palavra. :)

carlos_guimarães disse...

muito lindo, mas agora uma pergunta: lembras-te de tudo isso? :P

Di* disse...

E ca estaremos sempre pa te receber :D

Realmente o carlos tem razao... lembras.te disso tudo? nao adormeces.te nem nada :P

Beijao padrusco

Jorge Tavares disse...

Ainda chamam aquilo serenata por favor, foram sempre os mesmos gatos pingados a cantar, a cabana dos homens so era vista por quem estava na frente e a musica humm acho que nem se ouvia... quem vier de fora para tentar ver uma tradição académica sai bem desiludido pelo menos na nossa Bila... mas pronto que interessa? a cerveja continua a ser servida e pessoal continua a estar bem alcoolizado :P Love